Revista Página22 :: ed. 57 (outubro/2011)

Rio+20: O caminho das pedras - O que se anuncia e o que ainda falta na rota das articulações para o evento
COMPARTILHE

EDITORIAL - Conta de chegada

Se, como canta a velha canção, 1 + 1 é sempre mais que 2, Rio + 20 é igual a quanto? Na sentença matemática global, temos um planeta Terra finito, mas infinitos arranjos possíveis de governança e gestão dos recursos naturais, sociais e políticos.

A Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento retorna em junho de 2012, no Rio, envolta em grande peso simbólico. Marca os 20 anos da primeira Cúpula da Terra (a Eco 92), os 40 anos da primeira conferência da ONU sobre meio ambiente (em Estocolmo) e os 25 anos da publicação de Nosso Futuro Comum, relatório da Comissão Brundtland que contribuiu para delinear a essência do desenvolvimento sustentável.

Ainda que não se possa imaginar quais resultados sairão da Rio+20, a movimentação provocada pela conferência revela um mundo que se tornou mais do que a soma de seus países, como afirma Aron Belinky, um dos entrevistados desta edição. O mundo globalizado se faz de combinações flexíveis, móveis e dinâmicas entre seus vários atores e instâncias, que nada lembra a divisão estática do atlas político.

Assim, a régua do sucesso de uma conferência como esta será a capacidade de criar e fortalecer novas formas e processos de gestão – o que depende da articulação entre governo e sociedade civil, mas começando pela articulação entre os integrantes da própria sociedade. Não adianta só as nações estarem unidas.

A união será fundamental para resolver talvez a mais difícil equação: um modelo macroeconômico que compreenda o mundo físico como único e finito. É do que trata José Eli da Veiga, em entrevista também neste número. Será necessário que os ricos abram espaço ecológico para que a parcela pobre ou emergente possa se desenvolver. O resultado é simples: precisa dar 1. Mas a conta de chegada é complexa, e nisso está a beleza da sustentabilidade.

Boa leitura!

Acesso à publicação


Mais Lidos

Nenhum post encontrado.